CASA RÚSTICA COM SUSTENTABILIDADE

O projeto de 300m² da residência
na Chácara do Lago foi pautado
em três desejos dos proprietários:
construir uma casa sem corredores,
rústica e que possibilitasse a
contemplação da beleza exuberante
do entorno.

Para criar o projeto sem corredores, valemo-nos de um pequeno hall, que integra as áreas social e íntima da residência.
Alcançamos o desejado visual rústico através da luminotécnica (luzes claras e alaranjadas) e dos materiais empregados: cimento queimado, madeira de reflorestamento tratada e tijolo maciço de barro. A sustentabilidade ficou à cargo desses dois últimos elementos, aliados ao conjunto de cisternas, que captam água do telhado e dos passeios, e possibilitam o seu reuso, e a dispensa do uso de ar-condicionados e aquecedores de ar.
Para possibilitar a contemplação da natureza do terreno, o projeto conta com grandes aberturas. Como externalidade positiva, essas aberturas possibilitam a ventilação cruzada, que acaba por resfriar a residência de forma natural. Para evitar o resfriamento excessivo no inverno, que na região chega com frequência a temperaturas próximas a 10ºC, adotamos o tijolo maciço de barro, que possui excelente inércia térmica.
A residência está dividida em dois volumes: casa principal e área de lazer. Optamos por isolar a área de lazer, na contramão do que se vê hoje, para aproveitar o terreno, que tem 4.000 m², e dar mais privacidade à família, que recebe visitas com frequência. A área de lazer conta com quadra de futebol, salão de jogos, piscina e churrasqueira – com um deck maravilhoso, de onde pode-se avistar macacos e outros animais nativos da região.

Alessandro Malara

Arquiteto e Urbanista, Graduado pela UNESP, na construção civil desde 1992, como projetista até se formar em 2004 como Arquiteto. Associado da AETEC.
alessandro@am2arquitetura.com
www.am2arquitetura.com

Matéria revista AETEC nº22 edição.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *